Japa Mala Sândalo Branco Nó Tibetano 8mm

5.45 IVA Incluído

Em stock

Adquira este produto e obtenha 5 Pontos - no valor de 0.25 ao criar conta em Templo de Buda
Compare

Descrição

Japa Mala de 108 contas de 5mm em Sândalo pintado a Branco com nó tibetano de comprimento 45 cm.

Contem o nó sem fim (nó budista) também conhecido em sânscrito como nó eterno. Para os budistas, é um símbolo de conexão entre todos os seres e eventos que representam a perfeita harmonia do Universo.

o nó sem fim é um dos “oito símbolos auspiciosos” do budismo e não tem começo nem fim.

Na cultura tibetana, o nó infinito é um dos símbolos auspiciosos mais preciosos, porque representa os ensinamentos atemporais de Buda.

No budismo tibetano, o nó budista também representa o ciclo Kármico conhecido como Samsara, que continua eternamente até que a alma atinja a libertação.

Sobre as Japa Malas  जपमाला

Um Japa Mala, ou simplesmente mala (sânscrito: ,ाला; mālā), refere-se a uma série de contas, populares na Índia e em países budistas, que são usadas para manter a contagem enquanto recitam, cantam ou repetem mentalmente mantras ou o nome(s) de uma divindade em particular. Tanto na Índia como na Ásia, a recitação de mantras é uma prática muito popular. Como enunciados sagrados, mantras podem ser repetidos silenciosamente ou cantados por diferentes razões e propósitos. Usado predominantemente pelos hindus, budistas e sikhs como auxiliares de meditação e devoção, os mantras são vibrações sonoras que incutem concentração no devoto e facilitam o crescimento espiritual.

A prática devocional do Japa Mala assemelha-se ao uso católico do rosário – o Terço. Ambas as cordas de contas ajudam os seus respectivos crentes religiosos a registar o número de vezes que a oração / mantra foi dita.

A palavra sânscrita japa é derivada da raiz Jap-, que significa “pronunciar em voz baixa, repetir internamente, murmurar”.

Uma grande variedade de materiais é usada para fazer contas de mala. No hinduísmo , os Vaishnavas geralmente usam as contas Japamala de Tulsi. Os Shaivitas usam as contas de Rudraksha. Os praticantes de Aghori normalmente usam fragmentos de crânio humano para seus malas.

Algumas tradições budistas tibetanas pedem o uso de osso (animal, mais comum yak) ou às vezes humanos, sendo os ossos de Lamas passados ​​os mais valiosos. Outros usam madeira ou sementes da árvore Bodhi ou sementes da planta Lotus. Pedras semipreciosas, como CornalinaAmetista, também podem ser usadas. O material mais comum e menos caro é o de Sândalo. No Tantra Hindu, assim como no Tantra Budista ou no Vajrayana , os materiais e cores das contas podem se relacionar com uma prática específica.

Existem várias peças e todas elas variam na cor, dimensão e textura por serem cristais naturais e únicos na sua essência

Em caso de dúvidas em relação este produto no site Templo de Buda, pode contatar por Whatsapp, email, Instagram ou Facebook.

REVENDA

Existem preços especiais para revenda. Poderá ver mais aqui

Informação adicional

Peso17 g

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Japa Mala Sândalo Branco Nó Tibetano 8mm”

X